Tag Archives | P. Luigi Taparelli D’Azeglio S.J.

Verdade ou cortesia?

 
P. Luigi Taparelli D’Azeglio, S.J.

Revendo a nova história dos Italianos de Farini, temos a ocasião de observar como ele se ressente injustamente porque um legado pontifício apelou como sacrílego o demanio* Napoleônico, o qual usurpou da Igreja a posse de seus bens particulares, depois que o governo usurpador invadiu o domínio politico. Uma tal querela de Farini nada pode ter de estranho para qualquer um que conhece a seita dos moderados, a qual este escritor pertence: os quais todos cobiçosos de terem aquela que esses chamam paz, e que é realmente apatia de total ceticismo, se esforçam para que cada homem não pronunciem francamente um erro que desgoste aos sequazes da verdade ou uma verdade que desgoste aos sequazes do erro. «Em tal guisa, dizem eles, todos podem viver em paz, embora com doutrinas contrárias, e a terra pode se tornar um Paraíso, a sociedade uma Jerusalém.». Assim, os moderados, e, segundo heterodoxos, sapientemente, não tendo guia a juízos certos pelos seus intelectos, porque renegaram a autoridade da Igreja; nem esperança certa de uma felicidade além do mundo, que se deva conquistar aqui na terra a preço de batalhas e de sangue para a honra de Deus que falou, e que tem direito a impor fé e obediência.Mas outra coisa é esta ideia de paz ou de tranquilidade e ordem social, forjada nas mentes católicas nas ideias fundamentais do cristianismo. Eis como o católico a descreve: 

Continue Reading →

Powered by WordPress. Designed by WooThemes

Menu Title